Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

3/4 de Mim

3/4 de Mim

Do prazer de ler Elena Ferrante... A Amiga Genial

Quatro livros viciantes e envolventes da escritora Elena Ferrante.

 

imagem retirada do Público.pt.jpg

 

A escritora italiana está envolta num mistério, já que ninguém sabe quem é, e por se recusar a dar entrevistas públicas. Sabe-se apenas que cresceu em Nápoles tal como as duas personagens principais dos seus livros: Elena (a narradora) e Lila (a melhor amiga).

 

O inicio da história retrata a infância das duas amigas, os ambientes e os acontecimentos que marcaram a vida delas, das respectivas famílias, dos amigos e do bairro onde vivem. Duas amigas completamente diferentes, em que uma é desafiadora e indomável e outra que se alimenta da força e energia da amiga para evoluir, aprender e assim acompanhar a sua amiga genial.

O foco dos livros está na relação das duas amigas e do bairro onde cresceram. Um relacionamento, que pressentem ser para toda a vida, apesar dos conflitos. Afinal havia tanta simbiose como competição entre elas. Nos quatro livros acompanhamos toda a vida delas desde a infância até fase adulta / velhice.

São duas personagens complexas que revelam a verdadeira essência humana, 

 

É um romance um tanto ou quanto adolescente, mas tão real

No fim, sentimo-nos tão próximos de Elena e Lila que quase acreditamos na sua existência real e que Elena Ferrante apenas nos está a contar a história de duas amigas.

 

A "Série Napolitana" é constituída por:

1º volume: Amiga genial 

2º volume: História do novo sobrenome

3º volume: História de quem foge e de quem fica 

4º volume: História da Menina Perdida 

 

Segundo consta, estes livros vão dar origem a uma série, adaptada à televisão, pelo canal norte-americano HBO (muitas palminhas para esta novidade). 

 

Ela era assim, rompia equilíbrios somente para ver de que outro modo poderia recompô-los.

 

(Imagem retirada do Público.pt)

Do Prazer de Ler: " A verdade sobre o caso de Harry Quebert"

IMG-20170617-WA0009 (1).jpegQuando comecei a ler A verdade sobre o caso de Harry Quebert do escritor Joel Dicker não tive vontade de parar durante horas.

 

Fiquei presa à escrita e ao mistério do desaparecimento e morte de Nola. A história é narrada por Marcus Goldman, um célebre escritor, que numa fase de bloqueio criativo se vai refugiar na casa do seu mentor e amigo, Harry Quebert.

 

Este romance com traços de policial é um livro dentro de um livro, que fala sobre outro livro. É uma história construída em camadas que nos prende aos pormenores e às imensas reviravoltas. 

 

Não vou falar sobre as reviravoltas que tornam o enredo de A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert tão dinâmico, pois iria estragar esta incrível experiência de leitura, mas não posso deixar de comentar a sagacidade de Dicker, ao introduzir no inicio de cada capítulo uma “regra” que funciona como uma dica de como escrever um livro.

 

Intensidade é a palavra que melhor define o livro e é sem dúvida uma excelente experiência de leitura. 

 

Um bom livro, Marcus, é um livro que lamentamos ter acabado de ler

5 livros para ler este Verão

Chegou o Verão, as férias e mais tempo livre para pormos a leitura em dia.

 

livro3.PNG

 

 

É tão bom ler e perdermo-nos nas palavras, mas a verdade é que nem sempre temos tempo no meio de todas as exigências diárias e no constante chamamento das novas tecnologias.

 

Dá-me tanto prazer ler que às vezes pergunto-me porque não o faço mais ou porque não dedico mais tempo a algo que me faz tão bem... Neste momento estou a devorar um livro óptimo, mas quando o acabar partilho e conto-vos tudo. Estou rendida.

 

Há algo sobre dias longos e cheiro a livros que me deixam extremamente feliz.

 

Optei por definir o meu TOP 5 de livros favoritos e que aconselho para leitura de férias e praia:

 

1. A Sombra do Vento, Carlos Ruiz Zafón 

 

2. Pássaros Feridos, de Colleen McCullough

 

3. O menino de Cabul, de Khaled Hosseini

 

4. Madrugada Suja, de Miguel Sousa Tavares

 

5. O Tempo dos Amores Perfeitos, Tiago Rebelo

 

 

Que livros vão ler este Verão? Preciso de fazer a minha lista e preciso de sugestões.

Presentinhos para nós (mulheres) até 20€!!

Nós, mulheres, merecemos todos os miminhos e as minhas sugestões de hoje são até 20€.

 

Eu adorava que me oferecessem todas elas e admito que tenho muitas destas sugestões e outras quero muito.

 

HoHoHo!!

 

prendas parte 1.PNG

 

presentes parte 2.PNG

presentes parte 3 vf.PNG

 

 

 

1. Este livro recomendo porque já o li e é maravilhoso e viciante. À venda na Fnac por 20€.

2. Quem não gosta de umas pantufas confortáveis, quentinhas e muito giras? Estão à venda na Oysho por 16,99€.

3. Um óleo hidratante do O Boticário com um cheirinho maravilhoso da linha Nativa Spa de Açai. À venda por 14,99€.

4. Para as amantes de viagens, um incrível álbum da marca Mr. Wonderful. À venda na Fnac por 19,90€.

5. Tudo que precisamos para modelar o rosto: bronzer iluminador  e blush. É da Sleek à venda na Sephora por 11€.

6. Sabe tão bem estarmos "embrulhadinhas" numa manta quentinha. Esta é do Ikea e custa 19,99€.

7. Para as doidas por bálsamos labiais esta é a prenda ideal: um pack irresistível da The Body Shop. Custa 15€.

8. Este Blush do O Boticário é lindo e fica super bem em qualquer tom de pele. À venda por 14,99€.

9. Todas precisamos de um guarda-chuva e de preferência giro. Este da Accessorize custa 15,90€.

10. Para as amantes de maquilhagem uma Beauty Blender é fundamental. À venda na Skin por 17,95€.

11. Este esfoliante é simplesmente o melhor que já experimentei. À venda no O Boticário por 10,99€.

12. Para as amantes da escrita este caderno A5 giríssimo da marca Mr. Wonderful. Está à venda na Fnac por 12€.

13. A melhor escova para desembaraçar o cabelo sem o partir. À venda em farmácias e parafarmácias por 18€.

14. Um batom da Mac é sempre uma prenda maravilhosa e esta cor é a ideal para o Inverno: Fast Play. Custa 19€.

15. O livro que qualquer mulher apreciadora de beleza e maquilhagem quer (inclusive eu). À venda na Fnac por 17€.

 

 

FELIZ NATAL!!

Mil Sois Resplandescentes!!

01040386_Mil_Sois_Resplandecentes(RL).jpg

Um romance pleno de sensibilidade e angústia!!

 

Um livro que ultrapassa a dor e que é pleno de amor, amizade, dedicação e vitória. Um livro que fala das lutas desumanas travadas por humanos fragilizados, vidas por vingar, heranças culturais perdidas e tantos os filhos órfãos de uma batalha esquecida... a guerra travada no Afeganistão.


As duas protagonistas desta história são duas mulheres diferentes e com histórias de vida completamente distintas mas com algo em comum: casaram com o mesmo homem... Um marido violento e castrador. Um marido que fazia com que vivessem numa constante luta de sobrevivência e num imenso clima de medo. Estas duas mulheres uniram-se na dor e tornaram a relação delas numa bonita união de amizade. 

O medo que sentiam do marido era muito idêntico ao medo de viverem numa cidade, Cabul, que era fustigada pela guerra.

 

Além desta história de amizade e de união acompanhamos as imensas guerras travadas, a fome, a doença, a dor, a violência extrema, as bombas, a destruição, a morte e as imensas balas perdidas num país destruído, Afeganistão... É dor que se sente ao ler este livro, um aperto no coração em que quase se sente, quase se cheira e quase se sente o travo amargo de um sofrimento impossível de suportar. 

 

Uma cultura destruída e massacrada de uma forma tão dolorosa em que tantos perderam a vida.

 

Como me sinto grata por viver numa sociedade que respeita as mulheres e que nos faz sentir importantes e apreciadas.

 

Khaled Hosseini escreve de uma forma realista e fluida sobre uma cultura tão dura. A verdade nas palavras deste escritor são como já disse uma vez: arrebatadoras e dilacerantes. O segundo livro que já li deste escritor e não o último porque estes relatos duros fazem com que me sinta abençoada por viver tão bem, porque não imagino a cicatriz interna que uma guerra causa.

 

 

O passado continha apenas uma sabedoria: o amor era um erro perigoso, e a sua cúmplice, a esperança, uma ilusão traiçoeira."

Memórias de uma Gueixa!!

 

memórias de uma gueixa.jpg

 

Este magnífico livro pode ser encarado, lido e interpretado de duas formas: uma incrível descrição da tradicional cultura japonesa ou um romance sobre a imensa sexualidade que rodeia o mundo e os mistérios das Gueixas. 

 

Arthur Golden descreve  minuciosamente a vida de Nitta Sayuri, abordando as tradições de um povo não liberal e todos os costumes da época, pré e pós 2ª guerra mundial.

 

Todo o livro é descrito aos olhos de uma menina, filha de um pescador, que se vai tornando ao longo da história na maior e mais famosa gueixa do Japão. E quando menos se espera vê-se forçada a mudar toda a sua vida durante a 2ª Guerra Mundial.


É tão rico em descrições, detalhes e emoções diversas. Conseguimos sentir toda a riqueza da história e imaginar perfeitamente todos os cenários e sentir profundamente as tristezas, amarguras e vitórias desta menina que se torna numa linda e delicada mulher.

Ao ler este livro consegui sentir amor, esperança, solidão, desespero e força, de tão bem escrito e descrito. 


A menina de olhos azuis acinzentados, que aos nove anos foi vendida como escrava, conhece acidentalmente o homem que lhe roubou o coração e que fez com que lutasse para ser a melhor e a mais desejada Gueixa,.. O seu maior desejo era o "Presidente".

Tenho medo de estar a ser tendenciosa, porque tenho um imenso interesse pela cultura oriental.  Mas a verdade, é que este livro também serve para reflectirmos sobre a efemeridade da vida, de como tudo o que acontece à  nossa volta  é grande ou pequeno, dependendo de como aquilo nos atinge, dependendo de como nos deixamos ser atingidos.

 

Leiam e apaixonem-se perdidamente por este livro e fiquem a conhecer o exaustivo processo de ser uma Gueixa. Consiste em saber dançar, cantar, tocar instrumentos, entreter através da conversa, seduzir com um único olhar qualquer homem, entre muitas outras coisas,

 

Ahhh.. Existe um filme baseado neste livro, que recomendo. Não se compara, como é óbvio, com a leitura do livro mas é muito bom.